THE rule!

Toda garota sabe de algumas pequenas regras não escritas, mas estabelecidas em um código de honra, que é silencioso e aceito no momento em que amigas se dizem… melhores amigas. Mas e se o caso for diferente, e a sua amiga não souber que você está omitindo um fato muito importante, que você gosta do namorado dela. Que você o viu primeiro, que você falou primeiro com ele, que se ela não tivesse aparecido vocês estariam juntos. Só que você é um boa amiga, a doce e sempre presente, já ela é aquela que as leis falaram que é a melhor e que todos querem.

The Unwritten Rule

Elizabeth Scott

Sarah é a típica melhor amiga, a doce, não a líder. Brianna é sua melhor amiga, aquela que a salvou na pré escola da valentona. E tem Ryan.

Ryan o garoto que na oitava série convidou Sarah para o baile, mas que não pode ir pois teve de ir viajar por problemas familiares. E sua melhor amiga Brianna saiu falando que a Sarah na verdade não conseguiu dizer não para ele porque era muito legal, e claro, Ryan escutou. O negocio é que na verdade, Sarah queria ir com ele.

Alguns anos depois os dois ficam lado a lado de novo e voltam a ser falar. Agora com dezesste anos. Mas aí chega as férias de verão. Sarah some, e Ryan faz seus desenhos. Quando eles se reencontram em uma festa de despedida de verão. E uaaaaaaaaaaau o verão fez bem a ele. Então ali estão os dois, conversando, em um momento particular e intenso, quase se beijando e Brianna aparace e tudo muda. Brianna o carrega para fora da sala, e Sarah fica ali deixada, e depois quando eles voltam o show acontece e Brianna o marca ele como dela.

Sarah se esforça em aceitar, em tentar aceitar que aquele Ryan, que ela sempre gostou agora é de sua melhor amiga. Assim como aconteceu com outro garoto de quem Sarah gostou, Sam.

Sarah quer entender. Mas é difícil, a situação é complicada.

Brianna tem uma família problemática, pais que brigam por sua causa, mas que não a amam de verdade, e ela sente isso. Ainda mais com a quantidade de criticas que a mãe dela lhe dá.

Mas como tudo na vida, se complica ainda mais.

Seis semana depois de Brianna estar com Ryan, o acaso deixa ele e Sarah sozinhos no carro depois de uma festa que Sarah não queria ir, mas Brianna a arrastou. Quando ela decidiu ir embora, ele decidiu leva-la e Brianna pede que ela descubra o motivo dele estar estranho com ela. O que Sarah não faz, porque ela não consegue, e que cada vez está mais difícil esconder o que ela sente. Mas de repente ali naquela noite, no carro, as coisas tomam um novo rumo. Sarah e Ryan se beijam.

A luta interna de Sarah se torna quase um guerra, entre sua lealdade a sua melhor amiga e a vontade própria de seguir o coração dela. Ela tenta evitar ficar sozinha com os dois, mas o destino não deixa. Assim como não deixa que tenha só um beijo. Outro acontece, que marca uma nova batalha, e onde Sarah pode não estar sozinha.

E talvez seja o momento de ela ser ela mesma, custumiza tênis, doce, e se escutando mais. Mesmo sabendo que a verdade pode magoar e terminar sua amizade com Brianna, mesmo sabendo que ela no fundo não é a vaca que parece ser, que é traumatizada pela falta de amor dos pais.

É a vez dela deixar de ser a melhor amiga e ser ela, Sarah.

_______________________________________________________________________________________________________

É muito fácil se colocar no lugar de Sarah no livro. Com um família um tanto normal, pais que a amam, e seu jeitinho de ser.

A escrita da Scott é maravilhosa, única. Ela não suaviza a situação só para que seus leitores não odeiem algo.  Ela passa a situação com seu peso real. Foi o primeiro livro que li inteiro dela, e desde já digo que a admiro demais! Ela transforma situações que podem ser cotidianas em marcos nas vidas dos seus personagens.

A Sarah é linda! O Ryan, mesmo que as vezes eu quis mata-lo, é um foooooooooooooooofo delicioso de olhos azuis :3 . E a Brianna, uma vaca, mesmo que a situação dela seja complicada.

A personalidade de cada um deles é única. Sarah, doce, criativa, prestativa, amável, adorável, porém não acredita muito em si e tem a auto estima um pouco baixa. Em parte por causa da Brianna, que sempre a fez pensar que ela precisava  dela para ser alguém, como se Sarah não fosse nada sem ela. Até que Sarah decide lutar por algo que quer muito.

Ryan, fofo, tímido, lindo, criativo, prestativo, porém um tanto temeroso. Por ser tímido. Mas quando está com a pessoa certa, com aquele que ele ama, que ele estima, é protetor, cuidadoso e possessivo, de um boa maneira.

Briana, egoísta, narcisista, usurpadora, amável com quem quer, querida com quem precisa, possessiva, manipuladora, VACA! Dá para perceber que não gostei nem um pouco dela, mesmo que sua vida seja complicada e que tenha muitos medos que mantem em segredo. É uma manipular de primeira. Não, não gostei dela, porque suas atitudes ruins pesam muitos mais que as boas, e extremamente egoísta.

AMEI o livro, amei a Sarah. Mega indico!

Tenho ensinado que o amor é lindo e amável, mas nada é assim. Sim é lindo, mas é uma beleza terrível, uma impiedosa, e você cai, você cai, e a coisa é… é que você o deseja. Não importa o que veja, você só quer a quem seu coração bate.

Para quem quer saber, o outro livro dela que estava lendo era o Garota Morta Viva, mas não consegui, não aguentei. Digo que ele é cruelmente realista pelo tanto que li, e pode se dizer que uma obra prima literária pela forma que foi abordado o assunto.

Ah, sem contar que a Scott é um amor! Adoro ela. :3 Scott, you are amazing!

Beidjos.

Mads.

About Mads

a bookaholic.

Posted on November 29, 2011, in bookland and tagged , , . Bookmark the permalink. 2 Comments.

  1. Ounnn, arcoíris saindo pelos olhos e bela boca! *-*
    Já quero ler!

  2. ah estou louca pra ler esse livro! *-*

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: